Bolsa do Povo Educação CPS

bolsadopovo

bolsadopovo

O Governo do Estado de São Paulo lançou também o Bolsa do Povo Educação CPS. Trata-se de uma iniciativa para gerar renda e amenizar os impactos da pandemia. O programa permite ainda que pais, mães e outros familiares se aproximem da escola, o que gera benefícios para toda a comunidade escolar.

A ideia é que os bolsistas auxiliem as equipes gestoras das Etecs e Fatecs no cumprimento do protocolo sanitário adotado para permitir o retorno facultativo às aulas presenciais em todo o Estado.

As bolsas são de R$ 500 por 4 horas diárias de trabalho por um período de 6 meses, podendo haver prorrogações até 31 de dezembro de 2022. Para se candidatar, é preciso ser o responsável legal por um aluno de Etec; ter entre 18 e 59 anos; estar desemprego há, pelo menos, três meses; não ter comorbidades associadas à Covid-19 e residir no município onde está localizada a unidade em que o candidato pretende ser bolsista. É possível se inscrever em até três Etecs ou Fatecs.

As inscrições pelo site www.bolsadopovo.sp.gov.br vão até o dia 12 de setembro e cada candidato receberá pontos, de acordo com os pré-requisitos. Os selecionados serão entrevistados pelo diretor da unidade e a bolsa precisa ser chancelada pelo Núcleo Regional de Administração do CPS.